Brasa Ocre

Ideias e palavras para explicar Brasa Ocre…

As ideias surgiram no meu espírito como naquele de cada um.
A experiência construiu uma ponte entre as idéias e a sua realização.
Como músico, o meu meio de expressão predileto para iniciar este projeto, esta aventura, foi principalmente a música e os textos.
Patricia Labussiérre traduziu-me os textos em francês.

A palavra de Brasa Ocre

O fio condutor desta história reside nos traços comuns entre o meu País de origem, o Brasil, e a expressão da sua diversidade cultural, a sua mestiçagem étnica.
A tomada de consciência da necessidade de preservar esta terra nutritiva e os Países por onde passei.
Sempre as mesmas preocupações de transmissão de saberes , de evolução absolutamente necessária em direção a um mundo mais respeitador dos homens e da terra que os alimenta.
Cada expressão, cada palavra de “Brasa Ocre”, transporta este sentido, esta mensagem particular e universal.

Nem utopia nem sonho
Não se trata de uma utopia, nem de um sonho. Trata-se de fazer viajar e encontrar em si estas idéias levadas por tantas mulheres e tantos homens.
Trata-se da esperança de que a geração jovem possa levantar-se e agir para um futuro melhor e ao mesmo tempo mais responsável. Trata-se de trocas multigeracionais, multiculturais.
Para mim, traduzir em imagens uma linguagem tão universal como a música pareceu-me evidente ao longo da escrita de “Brasa Ocre”.

Rômulo Gonçalves

Postado em 2 junho 2014 no Notícia

Compartilhar artigo

Back to Top